• Especialistas dizem que achar a pílula do desejo feminino é difícil porque elas dão grande importância a aspectos como a qualidade do relacionamento

    Estudos indicam que nova pílula não aumenta o desejo sexual feminino

    Não vai ser dessa vez que as mulheres vão ganhar um “Viagra” para resolver seus problemas sexuais. Os testes com uma pílula produzida pelo laboratório Boehringer Ingelheim mostraram que o produto não é capaz de aumentar a libido feminina de modo considerável, apesar de ter aumentado um pouco a satisfação sexual das mulheres.

    O FDA, agência do governo dos Estados Unidos que regula o mercado de medicamentos e alimentos, está analisando o medicamento, que tem a substância flibanserin como princípio-ativo, como forma de tratamento para mulheres que estão na pré-menopausa e não sentem desejo sexual. Desde o bem-sucedido lançamento do Viagra, em 1998, o mercado busca uma versão feminina para o remédio, mas sem sucesso.

    Em um estudo divulgado nesta quarta-feira (16) em seu site, o FDA diz que os estudos da Boehringer não conseguiram demonstrar que a flibanserin tem capacidade para aumentar o desejo sexual. As mulheres que participaram dos estudos disseram ter melhorado um pouco a satisfação na cama, mas o FDA informou que isso não é suficiente.

    – A agência queria verificar se a pílula era capaz de aumentar o desejo como um todo, não levando em conta se a mulher teve ou não uma relação sexual.

    O órgão também registrou efeitos colaterais consideráveis, como aumento de depressão, desmaios e vertigens.

    Grande parte dos cientistas dizem que é difícil criar uma versão feminina do Viagra em razão de a falta de desejo na mulher estar muito ligada à qualidade do relacionamento e ao estilo de vida, e não só de processos químicos no cérebro ou outras partes do corpo.

    Posted by Lucio Sergio @ 01:07

    Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  • Leave a Comment

    Please note: Comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.