• A Administração de Alimentos e Fármacos dos Estados Unidos (FDA) aprovou nesta quarta-feira o remédio Lorcaserin, o primeiro tratamento contra a obesidade a ser comercializado no país em mais de uma década.

    A decisão da FDA ocorreu depois da recomendação de um comitê independente de especialistas, em maio, para sua autorização a adultos. Com isso, Lorcaserin será o primeiro remédio aprovado pelas autoridades sanitárias americanos para tratar obesidade desde a aprovação do Orlistat em 1999.

    O remédio será vendido com o nome comercial de Belviq, pelas empresas Arena Pharmaceuticals e Eisai, para tratar problemas de adultos com sobrepeso crônico ou obesidade, também associado com a evolução de outros problemas como hipertensão, diabetes e doença arterial.

    Em 2010, a FDA rejeitou a aprovação da comercialização de Lorcaserin com o argumento que havia risco de ataques cardíacos e doenças cerebrovasculares. No entanto, depois de a farmacêutica enviar novos estudos à FDA, o órgão autorizou sua venda com certas restrições e supervisão dos pacientes.

    Dessa forma, Belviq só será permitido para adultos com o índice de massa corporal (IMC), indicador calculado como o peso dividido pela altura ao quadrado, em 30 ou 27, para os que sofrem de pelo menos uma doença relacionada com sobrepeso como hipertensão, diabetes tipo 2 ou colesterol alto.

    Segundo os estudos da empresa, o uso de Belviq, junto com uma dieta saudável e exercício físico, ajudou os pacientes a perder 5% ou mais de seu peso corporal após um ano, em relação aos que só cuidaram sua alimentação e fizeram esporte.

    “A aprovação de Belviq é um avanço importante para os pacientes que lutam contra a obesidade ou têm sobrepeso e necessitam de ajudas com os problemas de peso crônicos, além de dieta e exercício”, afirmou o executivo-chefe da Arena Pharmaceuticals, Jack Lief, em comunicado.

    Entre as reações adversas detectadas nos testes clínicos, os mais comuns foram dor de cabeça, dor nas costas, tosse, fadiga e náuseas. A Arena fabricará o remédio em suas instalações na Suíça enquanto a Eisai comercializará e distribuirá Belviq nos Estados Unidos.

    A obesidade é um dos principais problemas de saúde da população americano. Os Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) publicaram em maio um estudo segundo o qual 42% dos americanos sofrerá de obesidade em 2030 (32 milhões de pessoas), enquanto 11% serão obesos graves.

    Posted by Lucio Sergio @ 22:04

    Tags: , , , ,

  • Leave a Comment

    Please note: Comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.